Selecione e ouça uma canção!




quinta-feira, 12 de julho de 2007

METADE DE MIM
*******************
Metade de mim entra em conflito
Me deixa tenso, me deixa aflito...
**********************************
Metade de meu coração dispara
E a outra metade simplesmente para...
****************************************
Metade de minha respiração é ofegante
E a outra metade se acalma nesse instante...
*************************************
Metade de meu cérebro tem atividade tensa
E a outra metade raciocina, pensa...
*************************************
Metade de meus atos são precipitados
E a outra metade são calmos, planejados...
********************************************
Metade de mim está a esmo
E a outra metade...
E a outra metade...
Sou eu mesmo!
****************
Esta Poesia foi inspirada no Poema Metade do Menestrel Oswaldo Montenegro, cujo Vídeo reproduzo abaixo pra vocês assistirem...

2 comentários:

Clara disse...

Zé, parabéns pelo seu poema...realmente inspirado...escreva sempre...mais e mais..bjus

Dani(ela) disse...

foi feito pra mim? rss rss...

puxa... com sou assim, tese e antítese!

bjo Zé.