Selecione e ouça uma canção!




sexta-feira, 20 de julho de 2007

BELA INSÔNIA
Meu sono parece não vir. Estou há horas tentando dormir e não consigo. Mas é engraçado, não me sinto mal com isso, pois é uma bela insônia. Uma sensação de prazer que faz com que eu me sinta bem e que me eleva o espírito, transportando-me para regiões de muita calma e tranqüilidade. O tic-tac do relógio cadenciado é como o trotar suave de um cavalo que me leva aos mais lindos lugares. Minha imaginação voa, e eu aos pouco, levito no ar, e passo a sobrevoar vales, montanhas, rios e mares, apreciando toda a beleza da vida, vida essa que amo de paixão, e da qual não quero me separar tão cedo. Aos poucos, uma sensação de calma vai invadindo meu ser e passo a passo vou me desligando do mundo material para ir de encontro ao mundo etéreo dos sonhos e do descanso. Esse torpor gostoso vai aumentando e sinto que não vou conseguir resistir. Então me deixo levar por essa sensação de êxtase que me domina e acabo adormecendo, sendo que a última coisa que me lembro é de ter ligado o rádio que estava ao lado de minha cama no exato momento que tocava esta música de Guilherme Arantes:
****************************************
Eu nem sonhava te amar desse jeito
Hoje nasceu novo sol no meu peito
Quero acordar te sentindo ao meu lado
Viver o êxtase de ser amado
Espero que a música que eu canto agora
Possa expressar o meu súbito amor
Com sua ajuda tranqüila e serena
Vou aprendendo que amar vale a pena
Que essa amizade é tão gratificante
Que esse diálogo é muito importante
Espero que a música, que eu canto agora
Possa expressar o meu súbito amor
Eu nem sonhava, te amar desse jeito....

3 comentários:

Dani(ela) disse...

ai... nunca mais tinha ouvido Guilherme Arantes.

lembra minha adolescencia rss.

bjo Zé.

Josiane disse...

Ahhhh eu adoro qdo chega essa parte...

dormir!!!


bjs

:-)

Moniquinha disse...

Nossa, como é boa essa sensação de dormir enlevado,extasiado, ter uma noite tranquila, e realmente restauradora...eu sempre amei essa música, e sempre tive essa sensação com ela...é suave, doce, tem um jeito de sonho...como se estivessemos sonhando enquanto ouvimos...muito legal Zé...uma volta ao passado, um delicioso flash back!
beijos!