Selecione e ouça uma canção!




quinta-feira, 26 de junho de 2008

Sem confiar, não se pode amar...
Que as demonstrações constantes de carinho e amor mútuos, possam fazer com que a segurança e a confiança se instalem nos corações e nas mentes para todo o sempre, pois sem isso, os relacionamentos não irão nunca resistir ao tempo e os pilares de sustentação não serão fortes o suficiente para aguentar o peso da desconfiança e do receio... Lutemos sempre para que todas as palavras ditas possam ser assimiladas e entendidas com segurança e que as respostas que nos sejam dadas, possam ser absorvidas pela nossamente e pelo nosso coração, trazendo paz, tranquiidade e serenidade ao nosso interior... Assim seja!

2 comentários:

Cadinho RoCo disse...

É pela confiança que acreditamos, é pelo acreditar que somos acreditados.
Estou com navegação limitada por não conseguir o sinal, que pago, da Claro. Assim, navego em linha discada. No meu nosso blog dou etalhes da situação.
Em resposta à sua pergunta, cheguei ao seu blog por algum comentário seu que encontrei em algum outro blog por onde passei.
Cadinho FRoCo

André Wernner disse...

Amém! Meu caro Zé Roberto,
Você disse bem. Carinho e amor são dois sentimentos que devem andar juntos com todos aqueles que dizem estar de bem com a vida e, muito mais, com a pessoa amada.

Pois, amar não pode ser apenas um sentimento guardado como se numa caixa devesse ficar. Mas, deve ser demonstrado, propalado e exercitado para tudo mudar e mudar para melhor!

Sentimentos bonitos, altruístas devem servir de exemplo, mas antes de tudo deve servir para nutrir ainda mais o aconchego dos enamorados.

Para quem ama e demonstra carinho pelo seu amor às palavras devem ser como pétalas de rosas a flanar... Afinal, assim como a palavra - que é verbo - dá vida aos enamorados, também pode matar, quando mal colocada, num momento desafortunado.

Por isso, a palavra pode ser firme quando necessário, mas jamais vulgar ou agressiva com o único propósito de ferir... Pois, às vezes, está se ferindo para a morte um coração que apenas quer viver e intensamente!

Abraços
Venho ao seu blog através do Cadinho Roço